Fórum de arte e cultura e CCP festejam mais um ano de dinamização cultural

Durante duas semanas, diversas atividades artístico-culturais marcam a comemoração da reabertura do Centro Cultural Plataforma. O III Festival das Artes – Caldeirão Cultural acontece de 07 a 21 de junho e conta com a participação dos grupos de arte e cultura do Subúrbio Ferroviário de Salvador, além de grupos convidados. Através de apresentações artísticas, debates, sessões de cinema, exposição e oficinas os grupos festejam a dinamização do espaço que é gerido pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) em parceria com o Fórum de Arte e Cultura do Subúrbio.

A festa começa no dia 7 de junho, às 17h, com um bate papo sobre a atual crise econômica mundial e seus efeitos no nosso dia-a-dia e em nossa cultura, seguido da apresentação do grupo de Teatro Kulturart com o espetáculo “O Rico e o Pobre”. A tradicional caminhada que antecedia os espetáculos mudou de dia e inverteu o trajeto. Nesta edição a Caminhada Cultural encerra as atividades e ocorrerá no dia 21 de junho saindo da Praça São Brás em direção ao Largo do Luso (Av. Afrânio Peixoto), Plataforma.

De 2007 a maio de 2009, o Centro Cultural Plataforma acolheu 313 eventos de teatro, dança, música, cinema, entre outros, atingindo um público de 34.415 pessoas, em 612 apresentações.

III Festival de Artes Caldeirão Cultural

Nas palavras de Ana Vaneska, coordenadora do Centro Cultural Plataforma, “o Caldeirão simboliza a diversidade, a riqueza presente no cotidiano do CCP desde a sua reabertura”. Ela acredita que a programação comemorativa, além de favorecer a articulação entre os diferentes grupos e organizações locais em torno da arte e cultura, também gera uma energia renovadora para mais um ano de trabalho coletivo.

Para a terceira edição, os grupos começaram a se mobilizar desde janeiro. Uma das propostas para esse ano era a inserção do Plataforma de talentos. A idéia surgiu após manifestação da platéia no Caldeirão Cultural do ano passado, onde alguns espectadores participaram das apresentações que acontecia no palco. O Plataforma de Talentos tem a finalidade de catalogar a produção cultural existente nos Subúrbios de Salvador, aproximar os grupos culturais da comunidade e do Centro e, dar um suporte técnico aos grupos que se apresentam.

História

Fechado há mais de 14 anos, o Centro Cultural Plataforma foi reinaugurado em 8 de junho de 2007. O equipamento tem capacidade para 203 pessoas, espaço para cadeirantes, infra-estrutura de som, luz, projeção de vídeo, além de três salas para ensaios, três camarins, acessibilidade e sanitários adaptados para deficientes. Localizado no Subúrbio Ferroviário, o complexo recebeu um investimento oficial de R$ 1.813 mi. Por mais de 30 anos, a comunidade, através de lideranças culturais e populares, promoveu uma mobilização permanente, com manifestos, projetos e articulações políticas para recuperar o cine-teatro, que se tornou símbolo do movimento popular do Subúrbio.

Este ano quase todos os espetáculos terão como forma de cobrança de ingresso o Pague Quanto Quiser – PQQ a partir de 0,99. O público poderá contribuir com quanto quiser a partir de noventa e nove centavos.

PROGRAMAÇÃO

8/06 (Domingo)
9h às 14h – Caminhada Cultural (Largo do Luso à Praça São Brás, Plataforma)
17h – Falas Comemorativas com a presença do Secretário de Cultura Márcio Meirelles e da diretora geral da FUNCEB Gisele Nussbaumer
18h30 – Show das bandas Tallowoa Hoots, Milicianos e Clã-destinos, no projeto Equilíbrio Musical

9/06 (Segunda)
14h às 17h – Oficina Teatro do Oprimido com Beca Lewis (FACED/UFBA)
15h, 17h e 20h – Sessões de cinema e bate-papo com diretores dos filmes: Mães Dizem Nunca Mais, Cidade de Plástico, Uma Viagem de Trem e Ilha do Rato
16h, 18h, 19h30 – Oficina Dança de Salão com Grupo Vem Dançar

10/06 (Terça)
10h – Exposição Objetos Mágicos, da Multiusina Cooperativa de Jovens
15h – Contação de histórias da cultura africana. Encerramento com a coreografia Das Águas, trecho do espetáculo Saurê, da Escola de Dança da FUNCEB
20h – Grupo Odun Olá e Cia. de Dança Herdeiros de Angola

11/06 (Quarta)
10h – Visitação aberta à Biblioteca Itinerante Douglas Almeida, do Grupo Cultural Outra Metade. Visitação de 11/06 a 15/06
15h – Qual é a da arte na educação?, bate-papo sobre arte-educação. Abertura com a peça Pague sua Conta, do grupo Herdeiros de Angola
16h, 18h, 19h30 – Oficina Dança de Salão com Grupo Vem Dançar
19h Cultura, Mercado… e Periferia!, bate-papo sobre o mercado cultural e sua relação com a produção das periferias urbanas. Abertura com a trecho da peça Q. Desigualdade, do grupo Jovem em Ação

12/06 (Quinta)
15h – Espetáculo O Mundo da Leitura, com a Companhia Cara de Sapo
17h – Recital com poetas mirins dos grupos Ou Isto ou Aquilo e Borogodó e apresentação das Cameratas da Orquestra Sinfônica da Bahia
20h – Recital de Poesia com Geraldo Maia, Douglas de Almeida e Ametista Nunes

13/06 (Sexta)
14h às 17h – Oficina Dança-afro, toques e adereços com o grupo Odun Olá
15h – Espetáculo Suburbano do Parque, com o Grupo de Teatro Face Oculta, e apresentação do Grupo Medianeira
17h – Espetáculo A Mesma Coisa, do Bando de Teatro Lokos In Cena
20h – Apresentação do Afoxé Filhos de Ogum de Ronda e espetáculo Quilombos: Tambores, Danças e Cantos, da Companhia de Dança Omi Onã

14/06 (Sábado)
9h às 12h – Oficina Corpo em Movimento, com a Escola de Dança da FUNCEB
14h às 17h – Oficina Dança-afro, toques e adereços com o grupo Odun Olá
15h – Espetáculo infantil Cidade dos Coelhos com o Grupo E²
17h – Espetáculo circense Ninguém = Ninguém, da Cia. Cena 1
20h – Espetáculo Vc é um número, do Grupo E²

15/06 (Domingo)
15h – Show da Filarmônica UFBERÊ, com participação do Grupo Vem Dançar
17h – Apresentação das Cameratas da Orquestra Sinfônica da Bahia

19/06 (Sexta)
-15hs debate no Cine-teatro Centro Cultural Plataforma sobre o Movimento dos Sem Teto da Bahia.
– exibição do filme MSTS: Organizar, Ocupar e Resistir, de Carlos Pronzato;
– exposição de Pedro Cardoso, Coordenador Estadual;
– debate.

No foyer do Cine-teatro também estará exposta a Exposição Fotográfica Movimento dos Sem Teto da Bahia, com fotos de Marcelo de Trói e Ana Lígia Leite (as fotos são das ocupações IPCA III, Periperi, Escada e Lagão da Paixão).

Mais informações.:

Cine-Teatro Centro Cultural Plataforma
Praça São Brás – s/n – Plataforma – 40.710- 530
3117 8106/ centroplataforma@funceb.ba.gov.br
Ana Vaneska – 3117 8107 | Márcio Bacelar – 3117 8105

comunidade e perfil do Cine no Orkut:
http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=2885020362200127339
e dê uma olhadinha no blog:
http://cine-teatrocentroculturalplataforma.blogspot.com/

Comenta aí...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s