A frequência da realidade

A liberdade de expressão é um direito de todos na teoria;mas, na prática, o que podemos observar é que esse “direito” tão básico não é privilégio que abarca todas as classes sociais. A luta das classes que estão à margem de uma sociedade cheia de preconceitos e regras “tortas” se estende ao longo dos séculos,décadas e anos de forma árdua e ininterrupta.
A obra fílmica “Uma onda no ar” representa com fidelidade a realidade contemporânea daqueles que apesar de estarem excluídos em seus “guetos” não permitem que lhes tirem a liberdade de expor suas ideias, anseios e dores. Apesar de todos os obstáculos e repressões, continuam na luta e esperança de serem ouvidos e atendidos em suas necessidades. A persistência e coragem do jovem Jorge(Alexandre Moreno)exemplifica a luta de milhares de jovens Brasil a fora, que não aceitam o sistema excludente que lhes é imposto e reagem de todas as formas no intuito de reverter esse quadro.
Assim foi travada uma “guerra” em prol do direito de se comunicar, de explicitar suas ideias e de uma comunidade como um todo, sem utilizar a violência para alcançar seus ideais. A arma utilizada por Jorge para atingir em cheio a sociedade foi a sua voz com uma metralhadora de palavras.

Comenta aí...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s